Veja como usar o pergolado para ter uma casa de conceito aberto!

Veja como usar o pergolado para ter uma casa de conceito aberto!

Veja como usar o pergolado para ter uma casa de conceito aberto!

Casa de conceito aberto, você sabe o que é? Veja como o pergolado de madeira pode modernizar e valorizar a sua residência de forma simples e rápida!

Quem gosta de decoração sabe: de tempos em tempos aparece uma nova tendência em arquitetura que se firma na preferência da sociedade. São muitas as linhas que surgem ao longo dos anos, mas os movimentos que perduram são aqueles que melhor refletem as mudanças no estilo de vida. É o caso, por exemplo, da casa de conceito aberto.

No entanto, na maioria das vezes é quase impossível modificar uma casa construída há anos, cuja planta não abraçava o conceito. Muito pelo contrário, até os anos 90 – quando o conceito nasceu originado dos lofts americanos – grande parte das plantas contemplava cômodos bem divididos e demarcados.

Com isso, além do custo e do desconforto das obras de reforma, muitos proprietários se deparam com uma grande quantidade de paredes estruturais, que não podem ser removidas.

O pergolado de madeira surge então como uma forma elegante e criativa de adaptar a arquitetura da casa, levando mais modernidade e sofisticação às plantas antigas.

 

Como é a casa de conceito aberto

Área de serviço

Área de serviço

As plantas de conceito aberto favorece a integração de ambientes. A ideia é que haja o menor número possível de paredes, deixando as divisórias apenas para as áreas mais íntimas da casa, como quartos, banheiros, áreas de serviço e home office.

Com isso, há maior interação da família e maior valorização do imóvel. Em muitos projetos mais atuais, o conceito abrange também a área de lazer. É aí que entram os pergolados de madeira.

O pergolado de madeira pode ver facilmente integrado a qualquer tipo de arquitetura. A estrutura pode ficar contínua a qualquer cômodo, sejam salas, cozinha, espaço gourmet ou mesmo quartos e banheiros, onde podem abrigar jardins de inverno, por exemplo. A ideia é criar novos espaços, dando mais amplitude aos cômodos já existentes.

 

Vantagens da casa de conceito aberto

As casas de conceito aberto têm sido cada vez mais utilizadas em todo o mundo porque agregam várias vantagens.

  • Mais sensação de liberdade – O conceito aberto vai muito além das paredes. Ele oferece mais sensação de liberdade, sem confinamento. Dessa forma, melhora o astral do dia a dia e o bem-estar em geral;
  • Mais facilidade de locomoção – Da mesma forma, a mobilidade dentro de casa é facilitada. Há menos obstáculos, o que colabora para a redução do estresse diário;
  • Maior integração com os convidados – Ao acoplar um pergolado de madeira à cozinha, por exemplo, eliminando paredes, é possível cozinhar enquanto convive com os convidados no estar do pergolado;
  • Maior flexibilidade – se preferir uma casa de conceito aberto, mas com alguma delimitação entre determinados ambientes, usar painéis de madeira é uma excelente solução. Há vários modelos à sua disposição, que também podem ver removidos caso prefira uma outra configuração mais adiante;
  • Maior entrada de luz natural nos cômodos – Luz natural é sinônimo de casa saudável. Ao utilizar pergolados de madeira com teto transparente, por exemplo, você garante aumento do espaço e mantém a entrada de luminosidade.
  • Ambientes mais arejados – A circulação de ar também é favorecida na casa de conceito aberto. O ambiente fica mais arejado e agradável, principalmente nos meses quentes de verão.

 

Cuidados com a decoração na casa de conceito aberto

A decoração da casa de conceito aberto requer alguns cuidados, já que todos os ambientes devem estar em harmonia. Nesse caso, o ideal é que o piso do pergolado de madeira seja uma continuação ao da sala ou do cômodo ao qual ele ficar contíguo.

Evite mudanças bruscas de um porcelanato para um deck de madeira, por exemplo. O ideal é a mudança para um piso clássico, que cai bem em qualquer ambiente e qualquer decoração, como a própria madeira.

Já os móveis devem ser funcionais e ter tamanho adequado a separar os ambientes sem prejudicar a circulação. Uma boa dica é utilizar móveis de transição, como aparadores, arcas, cômodas e estantes vazadas. Os painéis de madeira também são ótimas soluções.

Na casa com conceito aberto, evite fazer um mix de estilos. Deixe-o para outros tipos de arquitetura ou para um pergolado de madeira que fique independente, no jardim.

Aqui, é preciso que cada ambiente “converse” com o outro. Aposte no mesmo tom de marcenaria e no mesmo estilo, destacando apenas pequenos objetos ou móveis com cores marcantes.

Na dúvida, consulte os especialistas da Cobrire e busque ideias e inspiração para o seu projeto.

Aproveite para conhecer mais de perto todos os pergolados de madeira, gazebos e demais estruturas em madeira produzidos pelos artesãos da Cobrire. No site e no Instagram você encontra diversas imagens dos trabalhos realizados. Venha conferir!

 

Nós ligamos para você!