Escritório do paisagista Alexandre Furcolin, espaço ideal feito com uma grande ajuda da Cobrire

Casa de Madeira – O premiado projeto do escritório / ateliê do paisagista é uma perfeita interação entre arquitetura e paisagismo.

Construído com técnicas e com materiais totalmente sustentáveis.

O espaço reflete a forma de pensar e trabalhar de Alexandre Furcolin, traduzindo de maneira fiel sua identidade profissional.

Alexandre aproveitou o desnível  do terreno para criar espaços em diferentes graus de elevação.

Abusando de grandes áreas envidraçadas e integrando-as à natureza existente, de modo a permitir uma iluminação natural abundante.

A vegetação faz sobressair áreas de interesse e complementa a arquitetura, com destaque para os paus-mulatos, que marcam de maneira pontual e simétrica a fachada.

Espelhos d’água, a proximidade da vegetação altaneira, a ventilação cruzada gerada por grandes aberturas e a técnica do lanternim no bloco central compõem os recursos que permitem o conforto térmico de maneira inteligente e sustentável.

O átrio / recepção conta com uma nascente que refresca o ambiente, além de bancos e de mesas de malha de ferro desenhadas pelo profissional e de duas imensas touceiras de Areca Triandra, que destacam o pé-direito alto de 9 m e representam a vegetação altaneira típica da região.

No andar superior, encontram-se o escritório do profissional, a sala de reuniões e a biblioteca com varanda externa.

Deste andar sai a passarela que permite acesso às estufas.

O andar inferior é constituído de área administrativa, área de projetos e café com acesso à horta, onde são cultivadas hortaliças, temperos e chás para consumo de funcionários e de clientes.

Casa de madeira foto noturna

Neste espaço ideal, a Cobrire trabalhou em conjunto com diversas empresas.

Nosso papel foi a estrutura em madeira redonda, ou também conhecido como eucalipto tratado.

Paredes e pavimentos são todos apoiados na estrutura de madeira, que precisou ser precisamente calculada e dimensionada para esta aplicação.

Projeto de grande porte e executado com louvor.

FONTE: Revista Contemporânea