fbpx

Deixe seu jardim vertical mais bonito com as plantas certas!

Jardim vertical sob pergolado de madeira com cobertura de bambu

Jardim vertical sob pergolado de madeira com cobertura de bambu

Veja como as plantas certas podem melhorar seu jardim vertical e trazer muito mais vantagens para a saúde e a beleza da sua casa!

Sabe quando você olha para a sua casa e acha que está faltando alguma coisa? Essa sensação costuma incomodar bastante quem faz questão de um lar aconchegante. A solução, no entanto, pode ser mais fácil do que você imagina: um jardim vertical.

O segredo, no entanto, está em dois aspectos muito importantes: a escolha do painel de madeira e das espécie certas de plantas. Veja como – e por quê – ambos influenciam tanto no resultado do seu jardim vertical e como ter uma casa de revista!

 

Como escolher o melhor painel de madeira

Você sabia que os jardins verticais foram introduzidos no país pelo paisagista Burle Marx na década de 80?

No entanto, ele começou mesmo a se tornar uma grande tendência da decoração na última década, com a valorização da natureza no décor e o fortalecimento da consciência verde.

Hoje, há vários materiais que podem servir de sustentação para o jardim vertical, ma o painel de madeira é, sem dúvida, o que mais valoriza o resultado final.

 

Como escolher o melhor painel de madeira

Por isso, a escolha do tipo certo de painel de madeira é fundamental. Há vários tipos: de ripas paralelas, painéis tipo deck, painel de bambu roliço, de treliça, etc.

O painel de madeira em treliça, por exemplo, pode sustentar um jardim vertical em um dos lados do pergolado de madeira, por exemplo. O ambiente ganha ainda mais integração com a natureza ao seu redor, valorizando a estrutura.

Por outro lado, o painel de madeira tipo deck oferece um clima maior de sofisticação a um jardim vertical na sala ou na varanda.

Além de fazer a sustentação das espécies, ele pode ser intercalado com as plantas, revestindo a alvenaria. As ripas horizontais dão a sensação de amplitude ao local e a madeira promove conforto estético e nobreza ao conjunto.

Já para quem prefere ambientes mais rústicos, o painel de bambu roliço é perfeito. Bonito, prático e durável, a peça ainda agrega um valor de sustentabilidade ao projeto.

Confira algumas fotos de painel de madeira que podem te ajudar na escolha

 

Como escolher a planta ideais

Jardim vertical sob pergolado de madeira com cobertura de bambu

Jardim vertical

Não chega a ser incomum a decepção porque o jardim vertical não ficou como imaginado. Muitas vezes isso acontece simplesmente porque as plantas escolhidas não eram as ideais para esse fim ou não se adequavam àquele ambiente especificamente.

Por isso, a análise do local é fundamental. É preciso levar em consideração fatores como a iluminação natural, incidência de vento, irrigação ou chuva. A partir daí, então, é possível escolher as plantas que melhor se adequam ao jardim vertical, em ambiente interno ou área externa.

Por outro lado, algumas espécies não servem para essa função. Entre elas estão a que têm raízes muito longas ou que são pesada. Por outro lado, há espécies que são naturalmente agressivas: suas raízes acabam estragando o suporte, por mais resistente que seja.

Plantas que têm grande necessidade de água ou com folhagens muito delicadas também devem ficar de fora do jardim vertical.

 

Conheça as plantas mais indicadas

Agora que você já sabe o que deve ser avaliado, conheça as plantas mais adequadas a alguns ambientes com jardim vertical:

Locais com sol pleno

  • Trapoeraba-roxa (Tradescantia pallida purpúrea);
  • Orquídea-grapete (Spathoglottis unguiculata);
  • Barba-de-serpente (Ophiopogon jaburan);
  • Aspargo-pluma (Asparagus densiflorus);
  • Colar-de-pérolas (Senecio rowleyanus);
  • Flor-de-coral (Russelia equisetiformis);
  • Lambari-roxo (Tradescantia zebrina);
  • Clorofito (Chlorophytum comosum);
  • Flor-canhota (Scaevola aemula);
  • Jibóia (Epipremnum pinnatum);
  • Jibóia (Epipremnum pinnatum);
  • Brilhantina (Pilea microphylla);
  • Hera-inglesa (Hedera helix);
  • Liríope (Liriope spicata);
  • Tilândsia (Tillandsia sp).

Meia sombra ou em ambiente interno

  • Columéia-peixinho (Nematanthus wettsteinii);
  • Aspargo (Asparagus densiflorus Sprengeri);
  • Babosa-de-pau (Philodendron martianum);
  • Chifre-de-veado (Platycerium bifurcatum);
  • Barba-de-serpente (Ophiopogon jaburan);
  • Flor-de-maio (Schlumbergera truncata);
  • Dedo-de-moça (Sedum morganianum);
  • Renda-portuguesa (Davalia fejeensis);
  • Flor-batom (Aeschynanthus radicans);
  • Falenópsis (Phalaenopsis x hybridus);
  • Dinheiro-em-penca (Callisia repens);
  • Singônio (Syngonium angustatum);
  • Samambaia (Nephrolepis exaltata);
  • Peperômia (Peperômia scandens);
  • Rabo-de-gato (Acalypha reptans);
  • Antúrio (Anthurium andraeanum);
  • Véu-de-noiva (Gibasis pellucida);
  • Chuva-de-ouro (Oncidium sp);
  • Ripsális (Rhipsalis bacífera);
  • Asplênio (Asplenium nidus);
  • Bromélia (Guzmania sp);
  • Vriésia (Vriesea sp).

 

Vantagens de ter um jardim vertical dentro de casa

Além da parte estética, há várias vantagens em ter um jardim vertical em um painel de madeira dentro de casa. Também chamado de parede viva, ele ajuda a equilibrar o microclima local, melhorando a qualidade do ar e regulando a umidade.

Além disso, tanto as plantas quanto o próprio painel de madeira também são excelente isolantes térmicos. Com isso, a eficiência energética do local é otimizada, o que se reflete na redução da conta de luz e mais sustentabilidade.

E então, já escolheu o painel de madeira para o seu jardim vertical? Aproveite para conhecer todos os modelos da Cobrire. Fale com um dos nossos especialistas e garanta já o seu projeto!

Nós ligamos para você!

Precisa de ajuda?
WHATSAPP