AMIGO DA FLORESTA

Amigo da Floresta Iniciativa Verde Cobrire Reflorestamento Plantio de Árvores

O Amigo da Floresta é um programa da Iniciativa Verde que faz o plantio de árvores nativas na Mata Atlântica em áreas do Sistema Cantareira e na Floresta Amazônica.

amigo-da-floresta-logo

APOIADORES INICIATIVA VERDE

Apoiadores Amigo da Floresta Iniciativa Verde Cobrire Reflorestamento Plantio de Árvores

OBJETIVO

O programa tem como objetivo principal promover a melhoria da qualidade ambiental através da recuperação florestal de áreas degradadas e mobilizar a população local, levando informação sobre as mudanças climáticas e seus impactos sobre recursos hídricos, estimulando mudanças no comportamento de consumo, e promovendo hábitos mais sustentáveis em relação ao uso dos recursos naturais.

 


 

O PROGRAMA

Pessoas físicas e jurídicas podem participar do Programa Amigo da Floresta.

Além de financiar projetos de restauro florestal, as contribuições espontâneas ao programa também são destinadas à promoção da melhoria da qualidade social por meio de atividades de educação ambiental, e do apoio e incentivo a criação de mecanismos de geração de renda voltados para comunidades rurais.

Pela perspectiva técnica, o programa pretende contribuir com o aprimoramento de metodologias de restauro florestal para o bioma Mata Atlântica, assim como desenvolver técnicas otimizadas de implantação de Sistemas Agro Florestais (SAF) nas áreas de restauro.

Os SAFs consistem no plantio de culturas agrícolas entre as árvores plantadas, que nas APPs podem ser implementados durante os três primeiros anos do processo de restauro.

 


 

ESCOPO DO PROJETO

O projeto Cobrire Construções em Madeira contribuirá com o plantio de árvores em área de recomposição florestal a ser implantada pela equipe da Iniciativa Verde.

O restauro florestal é projetado levando-se em conta critérios de máxima diversidade de espécies estabelecidos pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Resolução SMA Nº 32 DE 03/04/2014) e respeitando as características do ecossistema local. Sempre são plantadas espécies nativas, respeitando critérios de divisão por classe de sucessão e condições específicas do local escolhido, visando restaurar a vegetação nativa da área ao mais próximo possível de sua condição original. As diretrizes e procedimentos do projeto de recomposição florestal estão descritos no Protocolo Carbon Free.

BENEFÍCIOS AMBIENTAIS DO PROJETO

Combate ao aquecimento global.
As árvores absorvem carbono durante o seu crescimento

Conservação da biodiversidade brasileira.
A floresta fornece alimento e proteção aos animais

Manutenção de serviços ambientais.
Conservação de recursos como a água, o solo e o clima

Conexão de fragmentos florestais

A Mata Atlântica é um dos biomas mais ricos do mundo, e também um dos mais ameaçados. Hoje, o bioma que abriga e abastece quase 70% da população brasileira possui aproximadamente 10% de sua cobertura original, geralmente dividida em fragmentos florestais.

Um dos principais benefícios da recomposição florestal está na reconexão destes fragmentos.

BENEFÍCIOS SOCIAIS DO PROJETO 

  • Conscientização da sociedade – sobre a importância da recomposição florestal;  
  • Mudança de comportamento no ambiente corporativo – os empresários e os colaboradores são sensibilizados sobre a importância do tema;
  • Geração de renda no campo – os agricultores são remunerados para execução dos projetos. Comunidades locais são beneficiadas, pois são trabalhadores locais contratados para as seguintes atividades:

Cercamento da área
(quando necessário)

Preparo do solo

Plantio das mudas

Manutenção da área por 24 meses

DADOS HISTÓRICOS DO PROGRAMA

11 ANOS

DE EXPERIÊNCIA

1.604.487

ÁRVORES PLANTADAS

962,5

HECTARES DE FLORESTA RECUPERADOS