fbpx

5 Ideias de iluminação para aproveitar mais seu jardim no verão!

O verão é perfeito para aproveitar mais seu jardim também à noite! Veja como a iluminação certa pode transformar sua área de lazer deixando-a muito mais charmosa!

Não é à toa o verão é a estação mais aguardada do ano. Além dos dias mais longos e alegres, as noites também são mais gostosas de se aproveitar ao ar livre. Por isso, caprichar na iluminação é fundamental.

Quem tem pergolado de madeira sabe: a iluminação certa no jardim valoriza ainda mais a decoração da estrutura, assim como a visão que se tem do entorno. Por outro lado, você cria um verdadeiro clima de magia em cada cantinho da sua área de lazer, fazendo um conjunto encantador e harmonioso.

Veja agora 5 ideias de iluminação e aproveite muito mais seu jardim em todos os verões!

 

1 – Boa iluminação é sinônimo de segurança

Quando o assunto é um jardim à noite, pensar na segurança é fundamental. Principalmente nos espaços maiores, com espelhos d’água, meios-fios, degraus, escadas e pontes, é preciso que esses elementos estejam bem sinalizados.

Uma boa iluminação, no entanto, não significa alta intensidade, mas sim bem pontuada. Ela deve ver clara o suficiente para alumiar o caminho, mas sem ofuscar quem está passando.

Lâmpadas suaves e acolhedoras embutidas em rodapés, minipostes margeando lagos ou fontes e degraus. Lembre-se que os jardins de verão também podem ser frequentados por crianças e idosos, por isso precisam ser seguros para que a confraternização seja perfeita.

 

2 – Crie diferentes ambientes com a iluminação certa

iluminação em pergolado de madeira com forro

Iluminação moderna

Uma das grandes tendências do paisagismo moderno é criar ambientes diferenciados no jardim. Assim, você pode ter uma área dedicada ao lazer com pergolado com churrasqueira e piscina com deck de madeira; área para relaxamento, com bancos, deck, painéis de madeira e fonte; para trabalho com pergolado home office; e meramente decorativas, com plantas ornamentais.

A dica, então, é caprichar em uma iluminação diferenciada para cada espaço. A área de cocção deve ver bem iluminada, já nas áreas de lazer e descanso, o ideal são luzes suaves e indiretas, amareladas (branco quente).

Para a região decorativa, use tonalidades diferentes, como as verdes, de baixo para cima, valorizando as folhagens. Já no pergolado home office, luzes direcionadas ajudam a manter o foco no trabalho.

 

3 – Bastões e tochas nas áreas de convivência

Nas áreas de convivência com poltronas e sofás, a iluminação pode ser mais completa, de forma a valorizar o espaço. No deck de madeira, por exemplo, ou diretamente na grama, boas opções são os bastões de iluminação e as tochas. Certifique-se, no entanto, de que estejam em local bem seguro para evitar acidentes.

No pergolado de madeira, além da iluminação interna, é interessante pensar também na colocação de luzes externas, que ajudam a valorizar o entorno. Uma boa opção são as lanternas de ferro e vidro, com grandes velas, colocadas no chão na entrada do pergolado. O clima fica aconchegante e diferenciado.

 

4 – Jardim de sombras com luzes entre as árvores

Brincar com as sombras é um exercício muito gostoso de iluminação no jardim. Há várias formas de conseguir efeitos fantásticos. Postes e luminárias em meio à vegetação, criam sombras mais elevadas.

Spots direcionados para a parede e de baixo para cima em arbustos aumentam o volume. O interessante é produzir sombras de tamanhos variados, dando movimento ao jardim.

 

5 – Varal de luz: tendência em iluminação de jardins

Dependendo da região ele muda de nome: varal de luz, festão, cordão de luz. Seja onde for, a peça é hoje uma grande tendência na decoração de jardins, tanto para eventos quanto para o dia a dia.

Há vários tipos e tamanhos, desde os que funcionam à base de energia solar, quanto os tradicionais. Aqui, a dica é escolher um cantinho do jardim, como uma quina, onde ele empresta uma charme todo especial.

 

Confira algumas dicas para a iluminação ficar ainda melhor

Corte da sua lista as lâmpadas incandescentes. Elas são mais baratas, mas não são amigas do meio ambiente e gastam muita energia. Prefira as de LED a todas as outras. Já não são tão caras assim e há uma infinidade de modelos (inteligente, de filamento, alta potência, comum) e cores;

Economize na claridade, afinal seu jardim não é um espaço público. A iluminação deve ver confortável, sem transmitir alta intensidade de calor. Assim você garante maior conforto térmico para você e para as plantinhas;

Na hora de usar luz colorida, não exagere. A luz verde passa sensação de relaxamento, mas quando usada em larga proporção ou em área extensa, fica cansativa. Use apenas em vegetação que queira dar um certo destaque;

Evite fontes de luz muito grandes. Clarões incomodam a vista e não valorizam o espaço.

Faça testes para descobrir a forma de iluminação mais adequada ao seu jardim. Observe-o à noite, e não esqueça de levar em consideração a iluminação interna do próprio pergolado de madeira.

Assim você vai conseguir o clima perfeito para aproveitar muito mais seu jardim nas noites de verão.

Quer saber mais sobre decoração e paisagismo? Continue acompanhando nossos posts e venha conhecer o showroom Cobrire!

 

Nós ligamos para você!